quarta-feira, 8 de outubro de 2008

NETINHO DE VOLTA!



Netinho de Paula quer fazer uma revolução. Menino negro e pobre que nasceu na periferia da Grande São Paulo, o ex-vocalista do grupo de pagode Negritude Junior está prestes a subir mais um degrau de sua meteórica carreira, que nos últimos cincos anos teve várias inclinações: músico, apresentador de TV e agora empresário. "Estou prestes a fazer uma revolução pacífica, de inclusão social", revelou.
Conhecido como uma espécie de porta-voz da periferia, não só por realizar o sonho de "princesas" em seu programa na TV Record, Netinho está envolvido em movimentos socias --dentro e fora de sua comunidade-- e se prepara para lançar um novo canal de televisão, o TV da Gente, primeira emissora do país dirigida só por negros. "Faço questão que na direção deste canal tenha negros, só negros".
Difícil mesmo é acreditar que um canal de TV que já nasce com a bandeira de ter somente negros em sua cúpula não caia em preconceitos. Mas Netinho, que recebeu a imprensa na última terça-feira (13) afiado em seu discurso, faz questão de esclarecer que não quer "cair no erro" que a TV brasileira persegue há mais de 50 anos. "Não quero fazer uma TV racista, mas é legítimo existir uma TV dirigida por negros. Essa reparação vai além da luta pelas cotas nas universidades".

MANOELA PEREIRA
Editora do UOL Televisão

O Jogo da Dissimulação

O Jogo da Dissimulação

Se Toque!

Se Toque!

PERIGO NO AR !

PERIGO NO AR !
Clique aqui

Ditadura - Quando terminou mesmo...?

Suburbio Ferroviário - Galeria