sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Prefeito quebra promessa feita às mulheres!

"A indicação da ex-vereadora Ariane Karla para a Superintendência de Políticas para as Mulheres é um prêmio de consolação sem caneta. Este órgão, até então dirigido pela ativista da comunidade negro-mestiça Mônica Kalile, de A Mulherada, pessoa enraizada na comunidade do Pelô e das causas da mulher, pelo menos com Mônica tinha esse emblema a defender e se sustentar.
A rigor, o órgão (se é que se pode chamar assim) era vazio e deverá continuar sendo com Ariane, a qual, não teria o perfil adequado sequer para sustentar a simbologia da causa. Mas, em política é assim mesmo, tem esse arranjos para acomodar os perdedores. São chamados "arranjos improdutivos". Bahiajá.

.....................................................................................

Estranho esses "arranjos"! Não estão preocupados com a causa da mulheres, nem com a problemática vivida por elas. As Superintendências viram apenas 'moedas de troca' - e que Troca!!! Como colocar num posto alguém que não está comprometido com a CAUSA? Depois de tentar transformar essa superintendencia num mero apêndice da SEMUR, o Prefeito que obteve a maioria de votos das mulheres - porque este assegurou que lutaria também pela causa e contra a violencia, as 'apunhala pelas costas': Depois de sucessivos trabalhos e um apoio expressivo ao Conselho de Mulher, a 'paga' do Prefeito é fazer regredir a luta do mulherio! AS MULHERES NÃO VÃO ESQUECER O 'PRESENTE' EXa.: PRÓXIMAS ELEIÇÕES VIRÃO!

O Jogo da Dissimulação

O Jogo da Dissimulação

Se Toque!

Se Toque!

PERIGO NO AR !

PERIGO NO AR !
Clique aqui

Ditadura - Quando terminou mesmo...?

Suburbio Ferroviário - Galeria