terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Cel.Pitta expulsa maus policiais

Advogados de PMs vão recorrer contra decisão de colegiado da corporação

Os dois policiais militares envolvidos na morte do menino João Roberto, em 6 de julho de 2008, foram expulsos da corporação em decisão publicada no boletim interno da PM, na última sexta-feira. Os advogados do cabo Willian de Paula e do soldado Elias Gonçalves da Costa Neto prometem recorrer da decisão, que foi tomada por um colegiado da corporação e ratificada pelo comandante-geral da PM, o coronel Gilson Pitta Lopes.

O menino João Roberto de 3 anos, foi morto após o carro em que estava com a mãe e o irmão ser atingido por 17 tiros, na Tijuca, durante uma perseguição policial.

O Jogo da Dissimulação

O Jogo da Dissimulação

Se Toque!

Se Toque!

PERIGO NO AR !

PERIGO NO AR !
Clique aqui

Ditadura - Quando terminou mesmo...?

Suburbio Ferroviário - Galeria